Games: Zombies Ate My Neighbors

Share
Capa do box do game para SuperNes
Capa do box do game para SuperNes

Pô 20 anos atrás foi o lançamento de um dos games mais doidos da minha infância: Zombies Ate My Neighbors. O game foi lançado em janeiro, não em outubro, mas quando descobri  dele não poderia deixar de passar sem falar nele.

Zumbis escabelados, bonecos demoníacos que perseguem você por um shopping inteiro, maníacos de motosserra que não desistem de encher o saco, intermináveis e quase indestrutíveis arranhas gigantes… quem nunca perdeu o fôlego ou a paciência com isso não sabe o que é jogar vídeo game.

Aqui dois dos nossos melhores amigos no game: O Chucky e o Mr Chainsaw
Aqui dois dos nossos melhores amigos no game: O Chucky e o Mr Chainsaw

O game é um cult de 2D tentando imitar um movimento livre sobre uma projeção obliqua (o que alguns gamers chamam de 2,5 D), onde o personagem tem que enfrentar várias criaturas clássicas de filmes de terror antes que os inimigos encontrem as pessoas comuns a serem resgatadas. Para essa ação, dois adolescentes Zeke  e Julie usam de um gigantesco arsenal composto de diversos itens como engradados de latas de refrigerante, tomates, pistola de brinquedo com água benta, cruzes, pratos, pirulitos e… eu já falei do engradado de refrigerante (não sei por que pra mim esse é o mais traumatizante).

Apesar de parecer bestinha, o jogo é muito complicado, ainda mais se você quiser chamar um amigo para jogar junto. Perdemos muitas horas tentando combinar uma estratégia tentando jogar com a esposa e na hora do desespero ou eu ou ela ferrávamos tudo pois é realmente complicado o jogo, ainda mais pois sua permanência depende de salvar as vítimas que estão paradas tirando fotos, fazendo churrasco ou mesmo apreciando a paisagem apocalíptica até o momento em que elas entram no seu campo visual e um dos monstrinhos do computador decide levá-las mais cedo ao criador.

 

Nossos heróis: Zeke e Julie
Nossos heróis: Zeke e Julie

O jogo foi feito pela Lucar Arts e lançado pela Konami em 1993 nos USA e no ano seguinte na Europa. Foi tão bem aceito que recebeu uma sequência em 1994 para o Super Nes, console original, com o nome de Ghoul Patrol, em novembro daquele ano.  Antes que alguém poste nos créditos que detonou o jogo… aff filho… são 55 níveis…  mente pro tio vai! Mente!!!

Bebê maldito, que depois de te ferrar vira amiguinho...
Bebê maldito, que depois de te ferrar vira amiguinho…
Share