O renascimento

Share

O renascimento foi um crescimento artístico, cultural e científico que ocorreu na Europa do início da idade moderna, mais precisamente na Itália. Esse movimento recebeu o nome de renascimento pois era uma redescoberta e revalorização das referências culturais da antiguidade clássica.

A Itália neste momento era um local completamente recortado por Cidades-Estados, independentes entre si (a administração de uma cidade era completamente separada da outra), resultado da fragmentação do que no passado foi unificado pelo império romano. E com esse crescimento urbano, e a acumulação de riquezas que o capitalismo proporcionava, surgiu a necessidade de buscar novos conhecimentos. Esses conhecimentos permitiram que fossem utilizadas novas formas de arte, que acabaram servindo para exaltar a burguesia como rica e intelectual. Também esses novos conhecimentos permitiram que fossem criadas escolas onde o estudo era independente da igreja, podendo assim ensinar conhecimentos que aperfeiçoassem as atividades mercantis, surge assim as primeiras universidades.

O renascimento traz ao mundo novas concepções de mundo, como por exemplo, uma necessidade de preocupação com a estética (beleza). Essa preocupação com a estética, tem reflexo nas artes pois além de fazer com que o artista torne-se um emprego respeitado, surge uma necessidade de preocupar-se com as questões do ser humano. Esse movimento ficou conhecido como Humanismo, e teve reflexo em todos os campos dos saberes, como podemos ver nas pinturas e esculturas que deixaram de ser só sobre temas religiosos e passaram a retratar a figura do homem.

O homem passa a ser o centro das discussões científicas e filosóficas, esse movimento é chamado de antropocentrismo, pois passa a trazer o homem como o centro das discussões, pensamento que era bem ao contrario no mundo feudal, dominado pela igreja, que era o teocentrismo, que trazia deus no centro de TODAS as discussões. E cresce a questão do individualismo do homem, pois as pessoas começam a ser enxergadas como pessoas diferentes entre si.

O renascimento, recebe esse nome pois é um resgate aos ideais da antiguidade grega clássica onde todos esses assuntos eram temas centrais das discussões que acabaram sendo colocados de lado pela igreja católica, que colocava deus no centro de todas as discussões (teocentrismo). Pouco a pouco a igreja começa a apoiar o renascimento, tratando temas mais humanos nas figuras religiosas, explorando as imagens dos corpos dos homens permitindo imagens que retratem melhor as formas do corpo humano.

As universidades começam a estudar geografia, e começa a ser questionada a posição da terra no universo, deixando de ser centro como sendo o sol o centro do universo. Discutem-se as obras de natureza política, como é o caso de Maquiavel que criou o livro o Príncipe, que nada mais era do que um guia para reis que desejavam ampliar os seus poderes sobre o resto da sociedade, ensinando eles a usarem todos os recursos possíveis mesmo que tivessem que utilizar da força para fazer valer as suas ordens. Por fim, destaque à invenção da prensa, que pôs fim ao mundo antigo onde livros eram feitos a mão, e passaram a serem impressos na forma da prensa, em grandes quantidades.

Share