Mortes estranhas: Adolfo Frederico

Share

 AdolfFredrikstorAdolfo Frederico da Suécia era uma figura que não começou tarde na vida política. Fraderico tornou-se rei com 40 anos quando Frederico I faleceu e saiu do trono em 1751. Antes disso ele já era um Príncipe-bispo em Lübeck, o que significa que ele administrava um feudo e a cidade vizinha. Além disso, ele também teve uma experiência como administrador em Holstein- Kiel durante a menoridade de seu sobrinho, Carlos Duque Pedro Ulrich, depois de Pedro III da Rússia . Em 1743 ele foi eleito herdeiro do trono da Suécia e estava selado seu caminho para o trono.

Apesar desse extenso currículo, ele não era dotado de muita geniosidade, como todos os reis, ele atraiu muitos inimigos. Destaque para o parlamento composto de nobres que quase conseguiram depô-lo porém até mesmo o parlamento não percebeu qual era sua principal fraqueza: Adolfo tinha um apetite insaciável!

O rei morreu em 12 de fevereiro de 1771 depois de ter consumido uma refeição composta por lagosta, caviar, chucrute, sopa de repolho, cervo defumado, champanhe e catorze pudins de leite recheados com amêndoas (seu doce preferido) servidos em uma tigela de leite quente. Adolfo Frederico também teria sido um bom marido, um pai carinhoso e um mestre gentil aos seus servos. Porém ele até hoje é lembrado por crianças em idade escolar sueco como “o rei que comeu até morrer”

Share