A origem do homem

Share

religiao-e-ciencia11Esse é um dos assuntos mais abordados nas primeiras semanas de aula da sexta série ou do primeiro ano do ensino médio… bem depois daquele momento em que o professor  fala sobre a contagem do tempo, ou algo parecido… esse é um assunto bem controverso pois bate com as concepções pessoais “da pessoa”… afinal, discutir sobre de onde vem o homem inclui discutir sobre a existência do divino, onde o mundo teria sido criado por um deus e os seres humanos estão acondicionados na posição de obra suprema da criação. Ao contrário do que muitos aqui esperam, não vou descrever a origem criacionista pois o criacionismo é muito mais do que a visão cristã da criação do mundo, lembre-se que discutir sobre Deus é uma construção cultural portanto não vou falar sobre o livro de Gênesis pois gera espaço para interpretações e exclui aqueles seguidores de religiões diferentes, afinal, qual é a história da criação do mundo para os Xintoístas? Você sabe? Eu não, e só por que a maioria de nosso país é Cristão acho injusto falar somente sobre a origem cristã do mundo.

A origem evolucionista

Ai… ai… odeio ter que escrever tantos parágrafos a respeito… mas se estou tentando respeitar as opiniões pessoais de cada um, esse é momento onde devo me manifestar.

A origem evolucionista do mundo, aponta para uma evolução gradual das espécies antigas, dando origem à novas espécies  ao ponto que todas (ou quase todas) as espécies que atualmente habitam nosso planeta tem um ancestral do qual evoluíram. Essa teria evolucionista teve sua origem no livro “A origem das espécies” do cientista inglês Charles Darwin em 1859. Obvio que o pessoal que viveu na época de Darwin queria o fígado dele quando ele lançou esse livro, afinal, o livro chocava-se com os dogmas religiosos sobre a criação do mundo.

Em “A origem das espécies”, diversas teorias foram apresentadas explicando como ocorreu a evolução das espécies, em  resumo, veremos que Darwin apontou para uma evolução lenta e contínua de uma espécie anterior que no futuro daria espaço para outra(s) nova(s) espécie(s). Note que deixei a possiblidade de um plural, pois ao contrário do que muitos acreditam a evolução nunca foi algo em linha reta, onde uma espécie simplesmente suprime a outra, mas uma sucessão de avanços e recuos, onde ao sofrer uma evolução, o(s) representante(s) da nova espécie sobrevive(ram) dando origem à um uma nova linhagem.

O estudo dos fósseis

Tudo facilita quando começou o estudo dos fósseis… através de estudos como da Paleontologia Humana (estudo dos fósseis de corpos humanos pré-históricos) e da Arqueologia pré-histórica (estudo de objetos feitos pelos seres humanos, procurando assim descobrir mais sobre a organização social desses humanos) conseguimos pistas mais concretas para estudar a organização social e a evolução biológica do ser humano. Os fósseis permitiram muitos avanços e pistas muito concretas pois muito mais do restos de ossos, os fósseis são o vestígio de alguma atividade humana em um determinado local. Assim os fósseis podem ser os restos de um esqueleto, ou de um acampamento… e por aí vai.

Hum… esse post ficou muito longo, vamos repartir ele no meio, se quiser saber sobre os primeiros hominídeos, clique no link abaixo.

http://www.jurassico.com.br/os-primeiros-hominideos/

Share